PERFIL DO ARTISTA: LOUISE BOURGEOIS

tumblr_mjqg71Hcvh1rmwydzo1_1280

Louise Bourgeois by Bruce Web

 

Louise Bourgeois foi uma artista franco americana conhecida por suas grandes esculturas e instalações. Temas como sexualidade, família, questões de gênero, morte e o subconsciente eram frequentemente abordados ao longo de sua carreira.

Durante a Segunda Guerra Mundial, trabalhou ao lado de Miró, André Masson e outros artistas abstratos, embora não seja considerada pertencente a nenhum movimento específico. Suas criações são, de forma geral, autobiográficas e expressam sentimentos de solidão, frustração e vulnerabilidade, herança de uma infância conturbada em que Bourgeois acompanhou de perto o drama das histórias de traição de seu pai.

Entre suas principais obras estão “Femme Maison”, na qual a artista explora a relação das mulheres com o lar, substituindo suas cabeças por casas, isolando seus corpos e mantendo suas mentes presas às preocupações domésticas.

Em “Destruction of the Father”, questiona o poder de domínio que um pai exerce em sua família e foi seu primeiro trabalho realizado em grande escala. A partir de então, tornou-se conhecida por suas esculturas enormes, inclusive a famosa “Mamam”, uma aranha concebida em ode à sua mãe que, segundo Louise, sempre fora muito inteligente, prestativa e protetora, assim como as aranhas. A “Mamam” inclusive é a obra que recepciona os visitantes do MAM SP (Museu de Arte Moderna de São Paulo), no Parque do Ibirapuera.

 

maman

Maman em Londres

 

 



3 respostas para “PERFIL DO ARTISTA: LOUISE BOURGEOIS”

  1. Andreia disse:

    Quanto conteudo de qualidade encontrei aqui no site. Agradeço por compartilhar. Sucesso. abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PERFIL DO ARTISTA: LOUISE BOURGEOIS

tumblr_mjqg71Hcvh1rmwydzo1_1280

Louise Bourgeois by Bruce Web

 

Louise Bourgeois foi uma artista franco americana conhecida por suas grandes esculturas e instalações. Temas como sexualidade, família, questões de gênero, morte e o subconsciente eram frequentemente abordados ao longo de sua carreira.

Durante a Segunda Guerra Mundial, trabalhou ao lado de Miró, André Masson e outros artistas abstratos, embora não seja considerada pertencente a nenhum movimento específico. Suas criações são, de forma geral, autobiográficas e expressam sentimentos de solidão, frustração e vulnerabilidade, herança de uma infância conturbada em que Bourgeois acompanhou de perto o drama das histórias de traição de seu pai.

Entre suas principais obras estão “Femme Maison”, na qual a artista explora a relação das mulheres com o lar, substituindo suas cabeças por casas, isolando seus corpos e mantendo suas mentes presas às preocupações domésticas.

Em “Destruction of the Father”, questiona o poder de domínio que um pai exerce em sua família e foi seu primeiro trabalho realizado em grande escala. A partir de então, tornou-se conhecida por suas esculturas enormes, inclusive a famosa “Mamam”, uma aranha concebida em ode à sua mãe que, segundo Louise, sempre fora muito inteligente, prestativa e protetora, assim como as aranhas. A “Mamam” inclusive é a obra que recepciona os visitantes do MAM SP (Museu de Arte Moderna de São Paulo), no Parque do Ibirapuera.

 

maman

Maman em Londres

 

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0