#SEQUENCIADESOM ESCOLHAS DE JULIA MORELLI

Continuamos nossa saga e hoje vamos conhecer capas de discos mais criativas  da história e criadas por artistas, por Julia Morelli.

 #sequenciadesom #vemprabarao #55spgaleria

Neste sábado esperamos todos na Sequência de Som com os DJs Magal e Mimi

#55spgaleria 
#djmimi
#djmagal
#vinylony 
#artandmusic 
#arteemusica 
#pairstore

14681723_1856643744547110_9117384849405723289_n

Começamos com a polêmica capa de “Sticky Fingers” (1971), dos Rolling Stones. A obra de arte feita por Warhol, com a foto de Billy Name, mostra um corpo masculino, da cintura para baixo vestindo calça jeans apertada, e na calça havia um zíper que você podia baixar e ver o encarte _uma foto de uma cueca branca, escondendo um pênis supostamente ereto. Muitas fãs assumiram que a foto era da calça de Mick Jagger, o que Warhol sempre negou. Além disso os varejistas reclamaram que o zíper estragava o vinil, que foi então ligeiramente movido mais para o centro do álbum.

O disco traz hits como “Wild Horses” e “Brown Sugar”, mas é possível dizer com certeza que a comunhão da música dos Stones com a obra de Warhol foi o segredo para ele ter sido um sucesso de vendas.

 

14642150_1856644337880384_7364533885962419753_n

Buzzcocks por Linders Sterling

 

14671220_1856644284547056_6280855215628963297_n

David Bowie por Keith Haring

 

14721606_1856644361213715_8094842540010375079_n

Artista, performer e instrumentista, tem grande envolvimento na cena punk e pós punk da Grã Bretanha. Amiga próxima de Morrissey, foi integrante da banda Ludus e fez o fanzine The Secret Public, junto a Jon Savage ,uma de suas obras mais conhecidas é a Orgasm Addict, capa de disco do Buzz Cocks.



Os comentários estão desativados.